7 jogos que você esperou para ver, mas que acabaram não acontecendo

0 308

Você olha a tabela de um torneio (mata-mata, sempre) e pensa: puxa, vai ser legal se rolar este clássico aqui. Aí, os resultados vão saindo, vão ajudando, e a possibilidade do tal confronto passa a ser mais real. A imprensa começa a falar sobre o assunto. Os treinadores respondem perguntas sobre o tema em entrevistas coletivas. Só que aí…

Na hora em que os times dependem de si para que o tal confronto saia do papel, algo dá errado. Resultados inesperados tiram uma equipe da rota da outra, e frustram quem esperava um duelo históricos.

Reconheceu? Percebeu onde queremos chegar? Pois isso acontece com bastante frequência. No Século XXI, vimos acontecer na Copa Libertadores da América, na Liga dos Campeões da Europa, na Copa do Mundo, no Mundial de Clubes… Enfim, não faltaram oportunidades para lamentações.

O Última Divisão listou aqui sete dos jogos que todo mundo esperava ver, mas que acabaram não acontecendo. Lembrou mais algum? Avise-nos! =)

1774104-0854-atm141. Corinthians x Flamengo em uma final sul-americana (2001)

Imagine as duas maiores torcidas do Brasil decidindo entre si um torneio continental. Isso quase aconteceu na Copa Mercosul de 2001. Nas semifinais, o Flamengo tirou o Grêmio nos pênaltis e avançou à decisão; no entanto, o Corinthians caiu diante do San Lorenzo (foto), com direito a uma derrota por 4 a 1 na Argentina. Na decisão, em meio ao caos social e econômico que os argentinos viviam, o San Lorenzo venceu o título nos pênaltis.

293216_heroa2. São Caetano x Real Madrid no Mundial Interclubes (2002)

OK, nem de longe é um clássico, mas entrou na lista pela expectativa criada. Na Europa, o Real Madrid havia se tornado o campeão da Liga dos Campeões ao vencer o Bayer Leverkusen por 2 a 1. Na América do Sul, o São Caetano chegou a estar perto da taça da Copa Libertadores diante do Olímpia – venceu no Paraguai por 1 a 0, e abriu o mesmo placar no jogo de volta das finais, no Brasil. No entanto, os paraguaios viraram por 2 a 1 e faturaram o título (foto) nos pênaltis. Na final do Mundial Interclubes, o Real Madrid venceu o Olímpia por 2 a 0.

2002-2_0frasen3. França x Argentina na Copa do Mundo (2002)

É bem verdade que franceses e argentinos já se enfrentaram duas vezes em Copas do Mundo, e ambas com vitórias argentinas (1 a 0 em 1930 e 2 a 1 em 1978). No entanto, o mundo inteiro tinha a certeza de que França x Argentina seria a final da Copa de 2002. Os franceses eram os atuais campeões europeus e do mundo, enquanto a Argentina havia sobrado nas Eliminatórias Sul-Americanas (43 pontos, contra 31 do vice-líder Equador). No Mundial, porém, os dois times caíram ainda na fase de grupos. Curiosamente, pelo chaveamento, o imaginado confronto não poderia ser a final – os times se cruzariam nas oitavas de final ou nas semifinais.

2002_spain_display_image4. Brasil x Espanha na Copa do Mundo (2002)

Com a bola rolando na Coreia do Sul e do Japão, Brasil e Espanha logo surgiram entre os favoritos, indicando uma possível final entre si. A Seleção Brasileira até fez sua parte, passando por Bélgica, Inglaterra e Turquia no caminho até a decisão. Os espanhóis, porém, caíram nas quartas de final diante dos sul-coreanos, em duelo com arbitragem escandalosa – o egípcio Gamal Gandhour anulou dois gols legítimos do time comandado por José Antonio Camacho. Na decisão, o Brasil venceu a Alemanha por 2 a 0.

gremio_catolica_20115. O Gre-Nal da Libertadores (2011)

Os rivais gaúchos estavam na mesma Libertadores, e poderiam ter se enfrentado nas quartas de final. O Grêmio passou em segundo no Grupo 2, enquanto o Inter foi líder no Grupo 6. Se passassem por seus confrontos nas oitavas, fariam o clássico por uma vaga nas semifinais. Só que os colorados foram eliminados pelo Peñarol (1 a 1 no Uruguai e 2 a 1 no Brasil) e os gremistas perderam as duas partidas (foto) para a Universidad Católica (2 a 1 em Porto Alegre e 1 a 0 em Santiago). Nas quartas, o Peñarol eliminou à Católica e foi à final, perdendo para o Santos.

Barcelona's Lionel Messi and Andres Iniesta look dejected after Bayern Munich's third goal s6. Barcelona x Real Madrid na decisão da Liga dos Campeões (2013)

Quando os cruzamentos da Liga dos Campeões da Europa 2012/2013 apontaram Barcelona e Real Madrid em semifinais diferentes, criou-se uma grande expectativa pela final entre os gigantes espanhóis. Só que ninguém avisou os rivais alemães: enquanto o Borussia Dortmund tirou o Real com 4 a 3 no placar agregado, o Bayern de Munique atropelou o Barça (foto) com duas vitórias (4 a 0 e 3 a 0). Na decisão, o Bayern venceu o Borussia por 2 a 1.

RTEmagicC_bahiavallejo01.jpg7. O Ba-Vi da Sul-Americana (2014)

Bahia e Vitória poderiam ter feito o primeiro Ba-Vi internacional da história nas quartas de final da Copa Sul-Americana, mas ambos caíram nas oitavas da competição. O Vitória empatou com o Nacional de Medellín fora de casa por 2 a 2, mas foi eliminado ao perder no Barradão por 1 a 0. O Bahia, por sua vez, venceu a Universidad César Vallejo por 2 a 0 no Brasil, mas perdeu no Peru pelo mesmo placar (foto). Nos pênaltis, vitória dos anfitriões por 7 a 6.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...