7 goleadas desproporcionais sofridas por Israel no futebol

0 174

Como é sabido, Israel resolveu apelar para o futebol para criticar uma declaração do Brasil sobre os conflitos registrados na Faixa de Gaza. Na nota, a diplomacia brasileira declarou ser “desproporcional” o uso da força do exército israelense contra a Palestina. Como resposta, ouviu do porta-voz do país que o Brasil era um “anão diplomático” e que o caso não era como futebol, onde desproporcional é sofrer um 7 a 1 – referência à dolorosa derrota para a Alemanha na última Copa do Mundo.

“A resposta de Israel é perfeitamente proporcional de acordo com a lei internacional. Isso não é futebol. No futebol, quando um jogo termina em empate, você acha proporcional e quando é 7 a 1 é desproporcional. Lamento dizer, mas não é assim na vida real e sob a lei internacional”, disse o porta-voz Yigal Palmor ao Jornal Nacional.

Pensando em “anão diplomático”, “desproporcional” e “futebol”, o Última Divisão resolveu consultar os arquivos e resgatou 7 partidas em que o placar certamente foi desproporcional para a seleção de Israel. A lista é anã, mas bastante significativa: tem 4-0, 5-0, 5-2 e até 7-1 (DUAS VEZES, aliás). Isso mostra que misturar esse tipo de coisa pode ser perigoso – especialmente se você tem apenas uma participação em Copa do Mundo (1970, no México, onde caiu na primeira fase).

Inglaterra Sub-23 7-1 Israel Sub-23 (1961)

Neste amistoso disputado em Leeds (Inglaterra), Israel teve o azar de cruzar o caminho da Inglaterra de Bobby Moore, zagueiro que se tornaria uma lenda do futebol inglês e mundial. Naquela ocasião, o jogador do West Ham tinha apenas 20 anos e jogava no time sub-23 há apenas um ano, mas ainda assim já ostentava a faixa de capitão. Não deu outra: um sonoro 7-1.

Clique AQUI para ver a ficha técnica daquela partida.

Israel 2-7 Argentina (1986)

Nos anos 80, mesmo já mais experiente por ter disputado a Copa do Mundo de 1970, o time principal de Israel voltou a sofrer sete gols em uma partida. E foi logo para a seleção de Diego Armando Maradona, que viria a ser campeã mundial naquele mesmo ano, no México. Naquele amistoso, disputado em Tel Aviv, El Pibe marcou duas vezes, mas o artilheiro do dia foi Sérgio Almirón, que apesar de muito menos badalado do que o camisa 10, marcou três.

Clique AQUI para ver a ficha técnica daquela partida.

Israel 0-4 Brasil (1987)

Acredite se quiser: Israel já tomou gol do Dunga! Sim, dele mesmo, o nosso excelentíssimo técnico da Seleção Brasileira. Foi o segundo gol da goleada por 4 a 0 em um amistoso disputado em 1987, também em Tel Aviv. A estrela da noite, porém, foi o baixinho Romário, que marcou duas vezes, uma delas um belo gol, apontado por ele como um dos mais bonitos com a camisa do Brasil – veja no vídeo abaixo.

Clique AQUI para ver a ficha técnica daquela partida. 

Irlanda 5-0 Israel (1987)

Ok, perder de goleada para Inglaterra, Argentina e Brasil parece óbvio, mas a seleção de Israel já proporcionou vexames ainda maiores, como uma derrota por 5 a 0 para a Irlanda – a diplomacia israelense devia ter pensado nisso antes de colocado futebol no meio de uma discussão meramente política. O artilheiro do amistoso em Dublin foi David Kelly (três gols), jogador com apurado faro de gols que disputaria duas copas pelo selecionado irlandês: 1990 e 1994.

Clique AQUI para ver a ficha técnica daquela partida.

Austria 5-2 Israel (1992)

Quer mais derrotas improváveis? Viena, Austria, outubro de 1992. Israel fazia sua estreia nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 1994, mas logo tomou um choque de realidade ao ser goleada por 5 a 2 pela Austria, que vinha de derrota para a França. No fim das contas, nem França, nem Austria e muito menos Israel conseguiram se classificar para aquele Mundial. Suécia e Bulgária (de Stoitchkov) é que garantiram as vagas na competição por aquele grupo. Ainda bem.

Clique AQUI para ver a ficha técnica daquela partida.

Alemanha 7-1 Israel (2002)

Aháááá! Olha aí mais um 7-1 para a Alemanha, Israel! Se não se lembra, nós lembramos: foi em 2002, na cidade alemã de Kaiserslautern, diante de quase 25 mil pessoas, com hat-trick de Miroslav Klose. Foi o primeiro amistoso preparatório dos alemães para a Copa da Coreia do Sul e do Japão. A máquina de Rudi Voller ainda faria 7-0 no Kuwait, 6-2 na Austria e estrearia na Copa com um 8-0 sobre a Arábia Saudita, campanha arrasadora que só parou diante do Brasil, na final do torneio, quando a seleção do fenômeno Ronaldo se tornou campeã mundial pela quinta vez.

Clique AQUI para ver a ficha técnica daquela partida. Abaixo, os gols da derrota israelense por 7-1.

Israel 0-4 Russia (2012)

Por fim, um jogo mais recente, disputado em 2012 na cidade israelense de Ramat Gan. A partida, válida pelas Eliminatórias Europeias para a Copa de 2014 aqui no Brasil, terminou com um sonoro 4-0 para o time de Fabio Capello, que terminaria em primeiro do grupo, empurrando Portugal para a repescagem. Israel, neste caso, terminou a chave em terceiro lugar e não se classificou para aquele que seria seu segundo Mundial. Uma pena, fica para a próxima.

Clique AQUI para ver a ficha técnica daquela partida.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...