10+ Última Divisão: os jogadores que marcaram o ano de 2014

0 94

O ano de 2014 acabou, e quem gosta de futebol não pode reclamar: foi um ano histórico. A começar pela Copa do Mundo no Brasil, mas passando por jogos em todos os continentes, o que não faltou foi gente escrevendo a história do esporte mais popular do mundo.

Leia mais:
>> 10+ Última Divisão: as equipes que marcaram o ano de 2014
>>10+ Última Divisão: os jogos que marcaram o ano de 2014

Para registrar o que de melhor nos últimos 12 meses, o Última Divisão decidiu conversar com diversos amigos e listar o que houve de mais marcante em três categorias marcantes: jogos, jogadores e times. Assim, criamos o 10+ Última Divisão.

A brincadeira foi bastante simples. Em um BRAINSTORM, nossa equipe listou 25 partidas, 25 jogadores e 25 times que marcaram o ano. Desta lista, enviamos um formulário para eleitores que toparam entrar na brincadeira, e que deram a cada “candidato” uma nota de 1 a 5, sendo “1” o menos marcante e “5” o mais marcante. Com a divisão de notas por eleitores, tiramos uma média para cada “candidato”, apontando os 10 mais marcantes de cada categoria. A média é apresentada com cada candidato.

Neste primeiro texto, apresentaremos os 10 jogadores mais marcantes de 2014 – entre parênteses, os atuais ou os últimos clubes de cada um. E a disputa foi tão equilibrada que apenas o último voto recebido evitou um empate triplo na nona colocação, o que implicaria na presença de 11 jogadores no Top 10. É mole?

Por fim, antes de apresentarmos a lista, gostaríamos de agradecer aos 49 amigos que toparam analisar cada um dos jogadores, jogos e equipes. Não temos dúvida que foi preciso paciência para avaliar cada um dos 75 candidatos. A todos, nosso muito obrigado.

10+ ÚLTIMA DIVISÃO: OS JOGADORES QUE MARCARAM O ANO DE 2014

10. Túlio Maravilha (Araxá-MG): nota 3,326530612

Enfim, marcou seu milésimo gol e pendurou as chuteiras. O feito aconteceu em cobrança de pênalti no dia 8 de fevereiro, no duelo entre Araxá e Mamoré pelo Módulo II do Campeonato Mineiro. O Araxá venceu a partida por 2 a 1. Túlio se aposentou aos 44 anos.

img_7108_1

9. Erik (Goiás): nota 3,408163265

Nascido em 1994, no Pará, Erik não tinha luz em casa. Na infância, jogava bola com a bolinha de um desodorante roll-on. Aos 10 anos, foi visitar um tio em Goiânia e, de última hora, foi chamado para substituir um jogador na escolinha de futebol do Goiás. Dez anos depois, foi eleito a revelação do Campeonato Brasileiro. Nada mal.

Erik comemora um dos dois gols que fez na vitória do Goiás contra o Bahia

8. Peter Biaksangzuala (Bethlehem Vengthlang-IND): nota 3,428571429

Em outubro, durante jogo contra o Chanmari West pela terceira divisão do Campeonato Indiano, Biaksangzuala marcou um dos gols do Bethlehem Vengthlang. Na comemoração, arriscou uma cambalhota no ar e caiu errado no chão, fraturando a coluna vertebral. Após cinco dias de internação, Biaksangzuala morreu.

yesil_sahada_korkunc_olum_1413796430_1825

7. Cosmin Moti (Ludogorets-BUL): nota 3,530612245

O Ludogorets decidiu com o Steaua Bucareste (ROM), em dois jogos, uma vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. No segundo jogo, o goleiro Vladislav Stoyanov foi expulso, e o zagueiro Cosmin Moti foi para o gol. O Steaua, que havia perdido o primeiro jogo por 1 a 0, venceu o segundo pelo mesmo placar. Nos pênaltis, porém, o zagueiro-goleiro fez duas defesas e classificou o time búlgaro para a UCL.

moti

6. Guillermo Ochoa (Málaga-ESP): nota 3,7551020141

Depois de deixar o Ajaccio (FRA) em maio, o desempregado Ochoa defendeu a seleção mexicana na Copa do Mundo, e se destacou ao fechar o gol no empate por a 0 a 0 com o Brasil. Contratado pelo Málaga no fim de julho, só estreou pela equipe espanhola em dezembro, no empate por 1 a 1 com o La Coruña pela Copa do Rei. Foram 157 dias sem jogar.

Guillermo-Ochoa-es-opción-para-el-Bayern-Munich

4. Anderson Talisca (Benfica-POR): nota 3,816326531

Pulamos do sexto para o quarto lugar porque, sim, tivemos um empate entre os 10 primeiros. Aos 20 anos, Anderson Talisca foi negociado pelo Bahia com o Benfica. No novo clube, destacou-se com gols e números superiores aos dos principais jogadores da Europa. Em novembro, foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira, relacionado para os amistosos contra Turquia e Suíça. O jogador, porém, não entrou em campo.

Anderson-Talisca-Benfica

4. Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk-UCR): nota 3,816326531

O brasileiro marcou cinco gols na vitória do Shakhtar por 7 a 0 sobre o BATE Borisov pela Liga dos Campeões da Europa. Assim, tornou-se o primeiro jogador a marcar quatro vezes no primeiro tempo de um jogo do torneio, o segundo jogador a fazer cinco gols em um jogo da UCL e o maior artilheiro da história do Shakhtar. Sem surpresas, apareceu na Seleção Brasileira em 2014.

FBL-EUR-C1-SHAKHTAR-BATE

3. Tim Krul (Newcastle-ING): nota 4,142857143

Reserva da seleção holandesa, o goleiro só entrou em campo na Copa do Mundo no fim da prorrogação das quartas de final, em jogo contra a Costa Rica. Motivo: o técnico Louis van Gaal confiava mais nele do que no titular, Jasper Cillessen, para defender pênaltis. Resultado: Krul defendeu duas cobranças e classificou os holandeses para as semifinais.

5574994-3x2-940x627

2. Keylor Navas (Real Madrid-ESP): nota 4,408163265

Considerado o melhor goleiro do Campeonato Espanhol 2013/2014, quando atuava pelo Levante, Keylor Navas foi um dos destaques da surpreendente Costa Rica na Copa do Mundo de 2014, na qual a equipe só foi eliminada nas quartas de final pela Holanda. Após o Mundial, o costarriquenho se transferiu para o Real Madrid.

1269521-27382127-1600-900

1. Fernandão (Internacional): nota 4,510204082

O ex-atacante, ídolo de Goiás e Internacional, morreu em um acidente de helicóptero no dia 7 de junho, na cidade de Aruanã (GO). Aos 36 anos, atuava como comentarista do SporTV. Em dezembro, foi homenageado pelo Inter com uma estátua em frente ao Estádio do Beira-Rio.

10850415_772243579478208_1460537216_n

E aí? Faltou alguém na lista?

Votaram:

Adalberto Leister (Máquina do Esporte), Allan Brito (Terra/Última Divisão), Allan Farina (Terra), Ana Cláudia Cichon (Jovem Pan), Arthur Chrispin (Trivela/C&OD), Camila Srougi (Terra/SBT), Celso Unzelte (ESPN/TV Cultura), Cirilo Júnior (Rede Globo RJ), Cristiano Silva (Rádio Guaíba/Terra), Daniel Batista (O Estado de S. Paulo), Dassler Marques (UOL), Diego Freire (Grupo Image/Última Divisão), Diego Ribeiro (GloboEsporte.com), Emanuel Colombari (UOL/Última Divisão), Evandro Furoni (Jovem Pan), Fábio Chiorino (ESPN/Esporte Fino), Felipe Portes (Portal Vox/TFCorp), Fernando Duarte (The Guardian/UOL), Gabriel Andrezo (FutRio), Gabriel Francisco Ribeiro (Terra), Guilherme Moreira (PGTM Comunicação/Terra), Igor Nishikiori (R7/Última Divisão), João Gabriel Rodrigues (ex-GloboEsporte.com), João Henrique Marques (UOL), João Paulo di Medeiros (Diário da Manhã/Terra), João Pedro Jorge (Playboy), João Vítor (Grupo Image/Última Divisão), José Edgar de Matos (Copa América 2015/TotalRace), Júlio Simões (ANER/Última Divisão), Leandro Iamin (ESPN FC/Blog do Birner), Leandro Santiago (Rede Globo TO), Leandro Stein (Trivela), Leonardo Bonassoli (Futebol Metrópole), Lucas Mello (Placar), Luís André Rosa (Agora SP/XYZ), Luís Augusto Símon (UOL), Luís Felipe dos Santos (Terra/Impedimento), Marcelo Braga (GloboEsporte.com), Marcus Vinícius Pinto (Terra), Marta Teixeira (Diário de São Paulo), Napoleão de Almeida (Terra/Sports+), Rafael Luís Azevedo (Tribuna do Ceará/Verminosos por Futebol), Renan Prates (Torcedores.com), Rodrigo Gasparini (Cruzeiro do Sul/Trivela), Sérgio Oliveira (FATV), Thiago Azevedo (Última Divisão), Tiago Leme (ESPN), Ubiratan Leal (Trivela/Extra Time) e William Correia (Gazeta Esportiva)

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...